Dinheiro e Inteligência da Abundância

“Temos de nos tornar conscientes das crenças limitadoras que temos sobre o dinheiro, para que as consigamos mudar”    Marie-Claire Varlyle.

O dinheiro faz parte de uma nova Inteligência de utilização de recursos e qualidades: a Inteligência da Abundância.

As relações com o dinheiro estão muito deterioradas. Quanto mais uma relação, seja ela qual for, se deteriora, mais difícil é encontrar soluções ou maneiras mais simples de lidar com o que se passa. Por isso, é preciso mudar a abordagem que tradicionalmente se faz ao dinheiro, e deixar despertar a Inteligência da Abundância.

Fala-se muito de crise e de falta de dinheiro, o que leva a uma maior escassez, reduzindo drasticamente uma utilização eficaz do recurso dinheiro.

Constato frequentemente que alguns dos meus clientes têm dificuldades em gerir o seu dinheiro, o que leva a situações difíceis e por vezes caóticas, em que não sabem como, e nem em que é que estão a gastar o dinheiro que têm.

Vivemos actualmente numa sociedade em transformação, saindo dum modo de vida excessivamente material, para outro modo de vida, no qual o dinheiro deve ser encarado como um recurso social, ao serviço da comunidade. Todos somos chamados a dar a nossa contribuição para a criação de uma sociedade mais justa e mais equilibrada. Neste contexto, é pertinente e bastante conveniente fazer uma nova reflexão sobre o significado do dinheiro e as “dores de cabeça” que ele provoca.